FANDOM


Carlos Nascimento é um jornalista. Conhecido por cobrir grandes fatos nacionais e internacionais.

Trajetória

Carlos Alberto Suriano do Nascimento nasceu em 5 de Dezembro de 1954, em Dois Córregos - SP. Começou trabalhando como radialista e redator em uma emissora de rádio e em um jornal de sua terra natal. Formado em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero, em São Paulo, trabalhou nas rádios Nacional, Excelsior e América, nos jornais Super News, Diário Popular e Diário de São Paulo.

Começou na TV em 1977 na Globo, emissora na qual trabalhou durante 10 anos. Fez reportagens para os jornalísticos do canal, além de ter sido o primeiro apresentador do Globo Rural.

Em 1988 estreou como âncora de telejornal na Cultura, onde apresentou o Jornal da Cultura. No ano seguinte foi contratado pela Record, onde assumiu a bancada do Jornal da Record durante um ano. Voltou para a Globo em 1990, tornando-se apresentador do SPTV (que passou a se chamar São Paulo Já durante um período) e posteriormente do Jornal Hoje e Bom Dia São Paulo. Além de apresentar eventualmente o Jornal Nacional e o Fantástico.

Em 2004 foi contratado pela Bandeirantes, onde estreou como âncora do Jornal da Band, apresentou um programa diário na BandNews FM e fazia comentários sobre política e economia no BandNews TV. Assinou com o SBT em 2006 para integrar o time de jornalistas da emissora.

No SBT, nos anos que se passaram, assumiu a bancada do SBT Brasil, Jornal do SBT, SBT São Paulo e SBT Manchetes. Além de apresentar o concurso O Maior Brasileiro de Todos os Tempos e mediar os debates políticos durante as eleições. Em setembro de 2013, afastou-se por licença médica para tratar de um câncer colorretal. Retornando aos trabalhos em maio do ano seguinte, voltando à bancada do SBT Brasil.

Nascimento é considerado um dos jornalistas de maior prestígio do Brasil. Conhecido por participar de grandes coberturas jornalisticas sobre fatos importantes no Brasil e no mundo. Dentre as coberturas mais marcantes, estão a morte do presidente Tancredo Neves em 1985. o julgamento de impeachment do presidente Fernando Collor de Mello em 1992. funeral do piloto Ayrton Senna em 1994, os funerais dos integrantes do grupo Mamonas Assassinas em 1996, o sequestro de Sílvio Santos em 2001, os atentados ao WTC em Nova Iorque em 2001, o funeral de Hebe Camargo em 2012 e o funeral de Roberto Gomes Bolaños em 2014. Recebeu diversos prêmios, entre eles o prêmio Vladimir Herzog, o prêmio APCA e o prêmio Comunique-se.

Trabalhos na TV

Ano(s) Programa Função
1980 - 1982 Globo Rural Apresentador / Repórter
1984 - 1988 SPTV (1ª Edição)
1986 - 1988 Bom Dia São Paulo
Jornal Nacional Apresentador Eventual
1988 - 1989 Jornal da Cultura Apresentador
1989 - 1990 Jornal da Record
1990 - 2003 Jornal Nacional Apresentador Eventual
1990 SPTV (2ª Edição) Apresentador
1990 - 1996 São Paulo Já
1996 - 1998 SPTV (2ª Edição)
1997 - 1998 Espaço Aberto
1998 - 1999 Bom Dia São Paulo
1999 - 2004 Jornal Hoje
2004 - 2006 Jornal da Band
2006 Jornal do SBT
SBT São Paulo
2006 - 2011 SBT Brasil
2007 SBT Manchetes
2008 - Atual SBT Eleições Apresentador / Mediador
2011 - 2013 Jornal do SBT Apresentador
2012 O Maior Brasileiro de Todos os Tempos
2014 - Atual SBT Brasil
2018 SBT Repórter
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.