FANDOM


Comédia MTV foi um programa humorístico exibido pela MTV Brasil entre 2010 e 2012 e ia ao ar às terças às 22:30, com algumas reprises pela semana. Acabou em 2012, quando sofreu uma reformulação passando a se chamar "Comédia MTV ao Vivo".

História

Inspirado em programas como Saturday Night Live e TV Pirata, o Comédia MTV era um programa semanal que reunia novos humoristas, vindos de grupos de stand up comedy como Marcelo Adnet, Rafael Queiroga, Bento Ribeiro, Dani Calabresa, Fabio Rabin, entre outros, além do grupo Deznecessários, formado pelo trio Paulinho Serra, Tata Werneck e Rodrigo Capella. O formato era baseado em curtas esquetes, baseadas em acontecimentos e cultura pop, além do encerramento com clipes musicais que faziam sátira a vários assuntos.

Apesar do sucesso do programa, o então diretor do canal Zico Góes, decidiu demitir parte da equipe, e suspender a exibição de novos episódios, porém em 2012 o programa foi reformulado, passando a ser feito com esquetes em estúdio com platéia, até chegar seu fim em 13 de dezembro de 2012, devido seus altos custos de produção diante a crise que o canal já enfrentava.

Curiosidades

  • Com o sucesso da primeira temporada em 2010, a segunda feita em 2011 foi reforçada com o grupo Galo Frito, o youtuber Pc Siqueira e o canal fictício Salt Cover, que era responsável pela parte gráfica do programa, como aberturas e vinhetas dos quadros
  • Em 2010, o programa ganhou o prêmio de melhor humorístico pela Associação Paulista de Críticos de Arte
  • Em 2010 foi feito um especial Acústico MTV, com Marcelo Adnet, interpretando "proibidões do funk" em forma acústica
  • Seus clipes exibidos no final também eram bem recebidos pelo público como "Latifah", sátira de música árabe, "O Lado Bom de Ser Gay", uma sátira de boys bands, e ainda "A Gaiola das Cabeçudas", com filósofos e história como se fosse um funk, tanto que esse último encerrou uma edição do VMB com a participação de Valesca Popozuda
  • Em 22 de março de 2011, o programa se envolveu em uma grande polêmica, pois exibiu um quadro chamado "Casa dos Autistas", o que foi uma sátira de mal gosto da Casa dos Artistas, no qual mostrava os integrantes fingindo ser autistas, o que gerou inúmeras críticas, e um abaixo assinado de parentes de autistas para que o canal se retratasse pelo quadro. Um pouco mais de um mês depois da exibição, o site do programa fez um pedido de desculpas. Um casal paulista chegou a mover uma ação na justiça, chegando a condenar o canal a pagar uma indenização, porém a decisão foi reformada pelo tribunal de justiça do estado.
  • No final de 2011, os humoristas Fábio Rabin, Rafael Quieroga, Guilherme Santana e Rodrigo Capella deixaram a emissora para seguirem em outros projetos.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.