FANDOM


Fofocalizando foi um programa diário vespertino do SBT. Exibido entre 23 de Janeiro de 2017 e 7 de Maio de 2020. Teve como apresentadores Mamma Bruschetta, Leão Lobo, Décio Piccinini, Léo Dias, Lívia Andrade, Mara Maravilha, Gabriel Cartolano e Chris Flores. Tratava-se de uma reformulação do Fofocando, que foi ao ar entre Agosto de 2016 e Janeiro de 2017. Foi substituído no horário pelo Triturando.

O programa

Exibido ao vivo de segunda à sexta, o programa tinha como foco as notícias sobre as celebridades. Os apresentadores e comentaristas opinavam sobre os assuntos do mundo dos famosos com humor e brincadeiras. A atração também conta Ientre 2017 e 2019) com a presença de Léo Dias, diretamente do Rio de Janeiro que trazia as últimas notícias sobre as celebridades.

Dentre os quadros fixos, estavam o "Triturador de Celebridades" com o robozinho Fofobyte, o "Doeu No Ouvido É Destruído", e o "Direto da Redação". onde as notícias dos famosos eram noticiados diretamente da redação da emissora. Além disso, o programa abria espaço para debater acontecimentos gerais, que aconteciam no Brasil e no mundo. E também exibia vídeos da internet.

Histórico e Produção

Precedentes

Em 1 de Agosto de 2016, o SBT estreou às pressas e à toque de caixa o Fofocando. Exibido nas tardes do SBT para bater de frente com o Balanço Geral SP que exibia o quadro "A Hora da Venenosa" com Fabíola Reipert e alcançava a liderança de audiência.

O programa foi uma ideia de Silvio Santos para alavancar os índices de sua emissora. Ele contratou de última hora Mamma Bruschetta (o ator Luiz Henrique) e Leão Lobo, ambos da Gazeta. No programa, eles contavam com a presença do "Homem do Saco". Um homem misterioso com um saco de papel na cabeça que tempos depois foi revelado que se tratava de Dudu Camargo. Tempos depois, foram adicionados ao programa Mara Maravilha e Léo Dias (saído da RedeTV!).

O programa nunca conquistou a audiência desejada. Mudanças foram feitas e o horário foi alterado diversas vezes. Sendo a última foi a partir de 2 de Janeiro de 2017, quando o programa passou a ser exibido nas manhãs, com 30 minutos de duração e gravado.

Mudança para "Fofocalizando"

O SBT emitiu um comunicado anunciando a extinção do Fofocando. O programa seria reformulado e mudaria de nome. Voltaria para as tardes e passaria a se chamar Fofocalizando. O último Fofocando foi ao ar em 20 de Janeiro de 2017. Entre as principais mudanças, estão o cenário que passou a ser azul ao invés de laranja. Além disso, o "Homem do Saco" (Dudu Camargo) saiu de cena e o jornalista Décio Piccinini (Que estava na RBTV) entrou no lugar.

A formação dos apresentadores do programa é curiosa. Pelo simples fato dos quatro terem sido jurados no Show de Calouros. Além de Leão, Décio e Mara, o ator Luiz Henrique (Mamma) fazia parte do juri como a "Condessa Giovanna". Além disso, Décio já apresentou um programa de fofocas nas tardes do SBT, o Programa Cor de Rosa junto com Silvia Abravanel, e que durou pouco tempo no ar.

Chegada de Lívia Andrade

Em dezembro de 2017, Mamma Bruschetta, Leão Lobo e Décio Piccinini ganharam férias alternadas do programa (Sendo que Mamma foi cuidar da saúde e Mara abriu mão das férias). A emissora anunciou que durante esse período, a atração ganharia a apresentação especial de Chris Flores e Lívia Andrade. Chris estreou no dia 19 e Lívia no dia 20, comandando o programa em esquema de revezamento. A aceitação de Lívia foi tão boa, que em 4 de Janeiro de 2018, ela foi efetivada como apresentadora fixa do programa. Com isso, o Fofocalizando passa a ter seis apresentadores (contando com Léo Dias que apresenta o programa do Rio).

Polêmicas e Saída de Mara

Desde que Lívia Andrade entrou para o time do programa, o programa passou por uma série de polêmicas e desavenças. Lívia e Mara declaradamente nunca se entenderam, tanto na atração como no quadro "Jogo dos Pontinhos" do Programa Silvio Santos em que elas participam. Além disso, Mara Maravilha protagonizou vários desentendimentos com os outros integrantes, principalmente com Décio Piccinini e Léo Dias.

Contudo, a situação começou a piorar em Junho de 2018. Léo Dias publicou no Instagram uma montagem onde os apresentadores do programa apareciam como os personagens da série espanhola La Casa de Papel da Netflix, porém o rosto de Mara estava representado por um emoji de um demônio. O jornalista se justificou dizendo que a montagem tinha sido enviada para ele por Lívia Andrade e que publicou por engano, pois estava sem lentes de contato e não enxergava direito. Por conta disso, a emissora resolveu suspendê-lo do programa por alguns dias. Léo ainda afirmou que "Mara tinha muito mais poder no SBT do que ele". [1]

Outro momento que causou repercussão negativa foi durante o programa de 20 de Junho. Enquanto os apresentadores, nos minutos finais, comemoravam o aniversário de Lívia com direito a bolo, Mara simplesmente ignorou o abandonou o estúdio, apenas se despedindo para a câmera. O imbróglio entre as duas começou em 2016 durante uma participação de Lívia no extinto Fofocando onde elas se estranharam. Em Agosto, foi a vez de Léo Dias trocar farpas com Mara. A apresentadora chorou ao vivo após ser chamada pelo jornalista de "senhora da razão". Na semana seguinte, eles se estranharam por dois dias seguidos. Léo se corrigiu após uma notícia que ele deu envolvendo o cantor Belo, e desmentido pelo próprio. Mara deu um sermão nele, dizendo para tomar cuidado para espalhar "fake news".

Devido à todos esses problemas, a situação do programa estava insustentável. E em meio à tantas brigas, a direção interviu. Na tarde do dia 17 de Agosto, minutos antes do programa entrar no ar, o diretor artístico do SBT Fernando Pelégio chamou Mara Maravilha e a aconselhou a deixar o Fofocalizando. A emissora emitiu um comunicado anunciando que, em comum acordo, ela não faz mais parte do programa. [2]

Isso aconteceu porque a direção do SBT não estava satisfeito com os rumos que o programa tomava, em meio a brigas e discussão tanto nos bastidores quanto em frente às câmeras. Além do comportamento e das reclamações de Mara. Após a saída dela, a equipe foi orientada à deixar a atração mais "leve e divertida" (assim como o "A Hora da Venenosa" do Balanço Geral), Pois ficou nítido que as brigas acabavam prejudicando a audiência. [3]

Mudanças na Apresentação e Mais Polêmicas

A partir do segundo semestre de 2019, o programa passou por uma série de ajustes, muitos deles ordenados por Silvio Santos. Para alavancar os índices de audiência, uma vez que o programa frequentemente ficava no terceiro lugar. Em 25 de de Julho daquele ano, Mara Maravilha retorna ao time de apresentadores quase um ano após sair da atração. Porém, em setembro, ela deixa novamente a apresentação para comandar reportagens no programa.

Ainda em setembro, Mamma Bruschetta deixa o time de apresentadores. Nesse mesmo mês, o programa sofre uma pequena reformulação. Com isso, Lívia Andrade se torna a única apresentadora, enquanto Leão Lobo e Décio Piccinini se tornam comentaristas junto com Leo Dias e Gabriel Cartolano. Em outubro, Décio Piccinini é dispensado da atração. No final de Novembro, Leo Dias pediu demissão do SBT, migrando para a RedeTV!. Sua saída ocorreu após a emissora suspendê-lo mais uma vez. Após a saída de Leo, Gabriel Cartolano (que apresentava o quadro "Notícias da Redação" e era apresentador eventual cobrindo férias dos titulares) ganhou mais presença na atração. Em dezembro, Mara Maravilha retorna ao estúdio, como comentarista.

Em Março de 2020, mais movimentações. Leão Lobo decide se afastar do programa. No dia 9, Fábia Oliveira estreia no programa, exercendo a mesma função de Leo Dias. Porém, foi demitida uma semana depois. Para substituir Fábia, Chris Flores foi efetivada como apresentadora fixa (antes disso ela era apresentadora eventual, cobrindo as férias de Livia Andrade). Em Abril, Lívia Andrade é suspensa do programa após dar uma notícia falsa. A apresentadora foi responsabilizada mesmo sendo o erro da equipe de não apurar a informação. Ela foi substituída por Chris Flores na apresentação e retornou no final do mês, mas como comentaristas.

Extinção e Mudança para "Triturando"

A partir do final de abril de 2020, o programa passou por mudanças em sua pauta. As mudanças, mais uma vez, foram ordenadas por Silvio Santos. O comunicador estava insatisfeito com a audiência, que raramente marcava mais que seis pontos, e decidiu diminuir o espaço dado ao noticiário das celebridades. Com isso, a atração ganhou um quadro de astrologia e passou a dar espaço a execução de músicas antigas no quadro "Tritura ou Não Tritura".

As mudanças não alavancaram os índices. Pelo contrário, caíram ainda mais. Mesmo assim, não foi o suficiente para Silvio Santos desistir do quadro "Tritura ou Não Tritura" com o personagem Fofobyte (que era um dos principais motivos pela baixa audiência) e decidiu transformá-lo em programa solo. Por isso, em 6 de Maio de 2020, foi decretado o fim do Fofocalizando, pegando de surpresa a todos.

No dia seguinte, estreou o Triturando, que nada mais era que o Fofocalizando reformulado. Com a mesma equipe e mesmo cenário, a atração tornou-se mais opinativa e menos noticiosa. Onde os apresentadores comentariam fatos e acontecimentos em geral e o robô Fofobyte se tornaria o principal destaque. Chris Flores, Mara Maravilha, Lívia Andrade e Gabriel Cartolano seguiram como apresentadores e comentaristas.

Referências

  1. Leo Dias é suspenso do SBT após publicar foto de Mara Maravilha como demônio — Notícias da TV
  2. Após brigas com apresentadores, Mara Maravilha é dispensada do Fofocalizando — Notícias da TV
  3. Apresentadores do Fofocalizando são proibidos de citar Mara Maravilha — Notícias da TV
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.