FANDOM


João Emanuel Carneiro, conhecido também como JEC, é um autor de novelas, dramaturgo, roteirista, diretor e escritor.

Trajetória

João Emanuel Carneiro Silva nasceu no Rio de Janeiro em 17 de Fevereiro de 1970. Filho da escritora, antropóloga e crítica de arte Lélia Coelho Frota e meio-irmão da atriz Cláudia Ohana, aos quatorze anos começou a trabalhar com o cartunista Ziraldo roteirizando histórias em quadrinhos. Escolheu seguir na profissão de roteirista ao escrever no curta-metragem "Zero a Zero", com 22 anos.

também roteirizou como "Central do Brasil", "O Primeiro Dia", "Cronicamente Inviável", "Orfeu", "Deus é Brasileiro" e "Castelo Rá-Tim-Bum". Na televisão, começou em 2000, como colaborador da minissérie A Muralha de Maria Adelaide Amaral. Também colaborando, no ano seguinte, em Os Maias, da mesma autora. Em 2002, colaborou na novela Desejos de Mulher, de Euclydes Marinho.

Em 2004 escreveu Da Cor do Pecado no horário das 19h, seu primeiro folhetim como titular, onde Taís Araújo viveu a primeira protagonista negra de uma novela da Globo. A obra se tornou um grande sucesso de audiência, rendendo 43 pontos de média geral. Em 2006 escreveu Cobras & Lagartos, mais uma novela das 19h, que também foi um grande sucesso. Foi supervisor pela primeira vez em 2009, com a novela Cama de Gato de Thelma Guedes e Duca Rachid.

Com bons trabalhos no currículo, foi alçado ao horário nobre da emissora. Sua primeira novela das oito, A Favorita, fez muito sucesso. Surpreendeu o público e a crítica com seu enredo e com a revelação de que a personagem Flora, de Patrícia Pillar, era a grande vilã. Em 2010, escreveu a série A Cura.

Em 2012 escreveu Avenida Brasil, seu maior trabalho até hoje. A saga da mocinha Nina, vivida por Débora Falabella, que arquiteta uma vingança contra a vilã Carminha, vivida por Adriana Esteves, foi um verdadeiro fenômeno de repercussão. Fazendo com que, no mesmo ano, o autor fosse eleito pela Revista Época um dos 100 brasileiros mais influentes do ano. Além disso, tornou-se a novela brasileira mais vendida do mundo até hoje.

Entre 2015 e 2016, escreveu a novela A Regra do Jogo, em 2016 lançou Segundo Sol, e a sua próxima novela deve ser lançada por volta de 2020. Uma das características principais de suas novelas são suas icônicas vilãs fatais, sempre loiras, que infernizam a vida dos personagens principais. Elas já foram interpretadas por Giovanna Antonelli (duas vezes), Carolina Dieckmann, Patrícia Pillar, Adriana Esteves e Deborah Secco.

Trabalhos na TV

Ano Trabalho Cargo Nota
2000 A Muralha Colaborador com Maria Adelaide Amaral
2001 Os Maias
2002 Desejos de Mulher com Euclydes Marinho
2003 Brava Gente Autor Principal Ep: "O Crime Imperfeito"
2004 Da Cor do Pecado
2006 Cobras & Lagartos
2008 A Favorita
2009 Cama de Gato Supervisor de Texto com Thelma Guedes e Duca Rachid
2010 A Cura Autor Principal com Marcos Bernstein
2012 Avenida Brasil
2014 A Segunda Dama Supervisor de Texto com Heloísa Périssé, Paula Amaral e Isabel Muniz
2015 A Regra do Jogo
2018 Segundo Sol
2020 A Anunciar
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.