Jornal da Noite é o tradicional telejornal de fim de noite da Band. Atualmente apresentado por Sérgio Gabriel, estreou em 20 de Janeiro de 1986.

História

Estreou em 1986, com o comando de Lilian Witte Fibe. Ela deixou a bancada em 1988, sendo substituída por José Paulo de Andrade e Geraldo Canali. Em 1990, José deixou a apresentação, e Canali apresentou sozinho até 1991, quando se transferiu para a Record. Ferreira Martins tornou-se âncora e editor-chefe até 1992. Foi substituído por Chico Pinheiro que ficou até 1994, quando mudou-se para a Record. Carla Vilhena entra em seu lugar e fica na bancada até dezembro de 1996.

Em janeiro de 1997, passa a ser apresentado por Marco Antônio Sabino. Nessa época, o jornal passou a ter comentaristas como Joelmir Beting, Mauro Beting no esporte, e Clóvis Monteiro. Marco deixou a bancada no ano seguinte à sua estreia, sendo substituído por Celso Zucatelli que ficou até 2001. Sérgio Rondino passou a comandar o noticiário que deixou de ter comentaristas. Maria Cristina Poli assumiu a bancada em 2002. Em 2003, Roberto Cabrini assume o comando do jornal passando a apresentar o programa em pé, sem bancada. O jornal ganhou um cunho mais investigativo.

Com a ida de Cabrini para a Record, em 2008 Eleonora Pascoal passou a ser a âncora até a chegada de Boris Casoy no mesmo ano. Boris ficou no comando do Jornal da Noite até 30 de Setembro de 2016, quando mudou-se para a RedeTV!.  Sendo substituído por Fábio Pannunzio. Rafael Colombo, Carol Nogueira e Marina Machado assumiram a bancada interinamente por alguns meses de 2019 após Pannunzio assumir interinamente a apresentação do Jornal da Band após o falecimento de Ricardo Boechat.

Fábio Pannunzio deixou a emissora em 2019, Ele apresentou o jornal pela última vez em 4 de Setembro de 2019. Foi substituído por Sérgio Gabriel.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.