FANDOM


A Netflix é atualmente o maior serviço de streaming do planeta. Fundada nos Estados Unidos em 1997, hoje conta com mais de 100 milhões de assinantes e está presente em mais de 190 países. Seu catálogo conta com diversas produções dentre filmes, séries, programas, documentários, animações, entre outros. De produção própria ou não.

História

A empresa foi fundada no dia 29 de agosto de 1997 por Reed Hastings e Marc Randolph em Scotts Valley, no Vale do Silício da Califórnia. E as operações começaram um ano depois, em 14 de Abril de 1998. A Netflix começou como um serviço de venda e locação de DVDs com entrega à domicílio.

Em 1999, o serviço adotou o sistema de assinaturas, que oferecia aluguéis ilimitados. O assinante escolhia o filme no site e o DVD era enviado por correio em um envelope vermelho. Nesse envelope, o assinante enviava o DVD de volta assim que terminasse de assistir. O esquema se mostrou um sucesso instantâneo e continuou alcançando êxito com o passar dos anos. Inicialmente distribuindo documentários, animações japonesas e filmes independentes, em 2005 a empresa tinha em seu acervo mais de 35 mil filmes, enviava em média diariamente cerca de um milhão de DVDs e tinha entre 4 e 5 milhões de assinantes.

Em 25 de fevereiro de 2007, para comemorar a entrega do DVD de número 1 Bilhão, a Netflix introduziu um novo serviço: uma plataforma de streaming onde era possível assistir pela internet mais de mil filmes e episódios de séries. Não demorou muito para esse serviço se tornar um grande sucesso e o novo carro chefe da empresa. Seis meses depois do lançamento, foram assistidos mais de 10 milhões de filmes e séries. E em 2011, tinha mais de 23 milhões de assinantes nos Estados Unidos.

Com o passar dos anos, o conteúdo do serviço passou a estar disponível em outras plataformas. Como celulares, tablets, consoles de vídeo games e Smart TVs. Também passaram a ser oferecidas planos de assinaturas voltados apenas ao streaming. A expansão da Netflix começou em 22 de Setembro de 2010, quando chegou ao Canadá. Em 2011, chegou à América Latina e foi sendo lançado em vários países nos anos seguintes. Em 21 de Outubro de 2015, foi lançada em Portugal. Em 2016, tornou-se disponível em todo o planeta. Exceto para a China, Síria, Coreia do Norte e na região da Crimeia. E atualmente, o serviço está disponível para 22 idiomas.

A partir de 2011, a Netflix deixou de ser apenas uma distribuidora e começou a produzir conteúdo próprio. Em Fevereiro de 2013, estreou sua primeira produção original: a série americana House of Cards. Posteriormente, foram lançadas outras produções originais como as séries Orange is The New Black e Hemlock Grove.

O sucesso dessas produções originais se deve a maneira que o serviço lança as séries. Enquanto os canais de TV americano lançam as temporadas de suas séries exibindo um episódio por semana com pausas durante o ano, a Netflix disponibiliza toda a temporada de uma série em um dia só. Podendo o assinante acompanhar os episódios da maneira, no tempo e na quantidade que preferirem. Podendo inclusive "maratonar uma série", ou seja, assistir todos os episódios de uma vez.

Em 2013, fechou um acordo com a Disney para a produção de séries originais protagonizadas por heróis da Marvel Comics. Em 28 de Agosto de 2014, estreou a série Narcos protagonizada por Wagner Moura e que conta a história real do narcotraficante colombiano Pablo Escobar.

História no Brasil

A Netflix foi lançada no Brasil em 5 de Setembro de 2011, mesma época em que foi lançada em toda a América Latina. Inicialmente, durante um tempo, o catálogo da versão brasileira contava com algumas produções nacionais, como programas da Band e da Cultura [1]. Posteriormente, o serviço passou a disponibilizar algumas produções bíblicas da Record e algumas novelas infanto-juvenis do SBT. [2]

A primeira produção original brasileira foi a série A Toca, feita pelo youtuber Felipe Neto, lançada em 9 de Agosto de 2013. A primeira série original de ficção nacional e lançada mundialmente foi 3%, que foi lançada em 25 de Novembro de 2016. Em 23 de março de 2018. foi lançada a série O Mecanismo, produzida por José Padilha e inspirada na Operação Lava Jato.

Em fevereiro de 2015, Silvio Santos ganhou do próprio dono da empresa uma assinatura vitalícia. Isso aconteceu após o animador dizer no Programa Silvio Santos que assistia as produções do serviço, promovendo o mesmo de maneira espontânea em rede nacional.

No outubro de 2017, o serviço fez uma parceria com o SBT para promover a segunda temporada da série Stranger Things. Em uma ação inédita, a emissora exibiu chamadas da série (que contava com participação de Marília Gabriela) além de exibir o primeiro episódio da primeira temporada após o Teleton. Foi a primeira vez que uma produção Netflix foi exibida na TV aberta brasileira. [3]

Desde que foi lançado no país, o serviço ganha cada vez mais popularidade. Isso fez, inclusive, com que emissoras de TV lançassem suas próprias plataformas para concorrer com a empresa americana. Como a Globo que lançou o Globoplay e a Record que lançou o PlayPlus.

Referências

  1. Band coloca programação na Netflix — Meio&Mensagem
  2. Netflix disponibilizará em seu catálogo a novela "Chiquititas", do SBT — NaTelinha
  3. 'Bagulhos Sinistros'? SBT vai transmitir primeiro episódio de 'Stranger Things' — E+ (Estadão)
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.