Wiki TVPédia Brasil
Advertisement

Nos Tempos do Imperador foi a 95ª novela das 18h da Globo. Livremente inspirada em acontecimentos reais durante o Segundo Reinado do Brasil Império, dá sequência aos eventos abordados em Novo Mundo. Escrita por Alessandro Marson e Thereza Falcão, com colaboração de Julio Fischer, Mônica Sanches, Duba Elia, Wendell Bendelack e Lalo Homrich, direção de Guto Arruda Botelho, Alexandre Macedo, Pablo Muller, Joana Antonaccio e Caio Campos, direção geral de João Paulo Jabur e direção artística de Vinícius Coimbra.

Estreou em 9 de Agosto de 2021, substituindo respectivamente a reprises de Novo Mundo, Flor do Caribe e A Vida da Gente — que por sua vez substituíram Éramos Seis — e sendo substituída por Além da Ilusão.

Com Selton Mello, Mariana Ximenes e Letícia Sabatella, Gabriela Medvedovski, Michel Gomes, Alexandre Nero e Roberto Birindelli nos papéis principais.

Enredo

A história começa em 1856, cerca de três décadas após a independência do Brasil. O Imperador D. Pedro II (Selton Mello) trabalha pelo progresso do país e vive um casamento de aparências com a Imperatriz Tereza Cristina (Letícia Sabatella), com quem tem duas filhas: Isabel (Giulia Gayoso) e Leopoldina (Bruna Griphao).

Após sentir seu país ameaçado depois de um encontro inesperado com o general Solano Lopez (Roberto Birindelli), comandante das tropas do Paraguai, ele decide preparar sua filhas para assumir as responsabilidades da realeza. Para isso, ele convida Luísa (Mariana Ximenes) para para ser a preceptora das princesas. Ela, a Condessa de Barral, é uma mulher a frente de seu tempo, casada com Eugênio (Thierry Tremouroux), primo de D. Pedro. O imperador se apaixona fortemente pela condessa, o que provoca várias reviravoltas em sua vida.

Paralelamente há a história de Pilar (Gabriela Medvedovski). Ela é uma jovem que para um convento ainda criança, crescendo cercada cercada de livros, e sonha em estudar medicina. Ela é filha do coronel Eudoro (José Dumont) e irmã de Dolores (Daphne Bozaski), que ficou em casa e cresceu reprimida, sem vaidade e sem saber ler e escrever. Ao voltar para casa, descobre que foi prometida por seu pai ao político Tônico (Alexandre Nero), um homem mal-caráter que trama um golpe de estado contra Dom Pedro II. Com isso, ela foge e encontra Jorge (Michel Gomes), por quem se apaixona.

Jorge é um escravo fugitivo, que mais tarde passa a se apresentar como Samuel. E que nem imagina ser filho bastardo do Coronel Ambrósio (Roberto Bonfim), que por sua vez é pai de Tônico. Luisa acaba apresentando Pilar e Samuel à D. Pedro e isso motivará o Imperador a lutar junto com eles pelo Brasil, atendendo os anseios da população e defendendo a integralidade do país.

Por conta da fuga de Pilar, Dolores é dada em casamento para Tonico, e acaba sofrendo maus-tratos do marido. Ele não desiste de perseguir obsessivamente sua antiga noiva e ainda deseja punir Samuel. O casal ainda enfrenta outro empecilho: Zayla (Heslaine Vieira), filha de Cândida (Dani Ornellas) e Olu (Hoji Fortuna), donos da comunidade Pequena África, que acolhe negros alforriados. Ela também gosta muito de Jorge e está disposta a fazer de tudo para prejudicar Pilar.

Elenco

Intérprete Personagem
Selton Mello Imperador Dom Pedro II do Brasil
Mariana Ximenes Luísa Margarida de Barros, Condessa de Barral
Letícia Sabatella Teresa Cristina de Bourbon-Duas Sicílias, Imperatriz do Brasil
Gabriela Medvedovski Maria do Pilar Cavalcanti Mendes (Pilar)
Michel Gomes Jorge da Silva Rocha / Samuel dos Anjos
Alexandre Nero Antônio Carlos Rocha (Tonico)
Heslaine Vieira Zayla Ephan Maquemba
Daphne Bozaski Dolores Cavalcanti Mendes
João Pedro Zappa Nélio Pindaíba
José Dumont Coronel Eudoro Mendes
Roberto Birindelli Francisco Solano López, 2º Presidente do Paraguai
Ernani Moraes João Batista Pindaíba (Batista), Barão de Fervedouro  
Paula Cohen Carlota Maria Pindaíba (Lota), Baronesa de Fervedouro
Roberta Rodrigues Lupita de Jesus
Maicon Rodrigues Guebo Nilaja
Giulia Gayoso Isabel de Bragança, Princesa Imperial do Brasil
Bruna Griphao Leopoldina de Bragança, Princesa do Brasil
Daniel Torres Gastão de Orléans, Conde d’Eu
Gil Coelho Luís Augusto, Duque de Saxe-Coburgo-Gota
Dani Ornellas Cândida Ephan Maquemba
Rogério Brito Dom Olu Ephan Maquemba
Dani Barros Clemência Martinho
Maria Clara Gueiros Vitória Milmann Martinho
Augusto Madeira Joaquim Matamouros Martinho Filho (Quinzinho)
Cinnara Leal Justina dos Santos
Jackson Antunes Luís Alves de Lima e Silva, Marquês de Caxias
Bel Kutner Celestina, Baronesa de Urú
Danilo Dal Farra Lupicínio Borges (Delegado Borges)
Gabriel Fuentes Bernardo Pindaíba (Bernardinho)
Cassio Pandolfi Nicolau
Blaise Musipere Jamil
Raffaele Casuccio Nino Sorrento
Lorena da Silva Madame Lambert
Flávia Guedes Madre Zoé
Theo de Almeida Lopes Hilário Martinho
Maria Carolina Basílio Prisca Martinho

Participações especiais

Intérprete Personagem
Vivianne Pasmanter Germana Ferreira
Guilherme Piva Licurgo Ferreira
Lu Grimaldi Lurdes, Baronesa de Seropédica
Ingrid Guimarães Elvira Matamouros
Roberto Bonfim Coronel Ambrósio Rocha
Thierry Tremouroux Eugênio de Barros, Conde de Barral
Guilherme Cabral Dominique de Barros
Catarina Medeiros Mercedes Cavalcanti Pindaíba
Mary Sheila Abena Nilaja
Alan Rocha Balthazar Nilaja
Charles Fricks Irineu Evangelista de Sousa, Barão de Mauá
Mouhamed Harfouch Diego Valente
Bruno Garcia Elano Barreto
Alexandre Zacchia Salustiano
Raymundo de Souza Reitor Serafim do Amaral
Carlos Bonow Alberto Gomes de Sá
Gabriel Falcão Pierre Philippe Jean Marie, Príncipe de Orléans
Helga Nemeczyk Giusepinna Sant'angelo
Lana Rhodes Elisa Lynch
Guilherme Weber William Dougal Christie
Charles Paraventi Eustáquio
Alexandre Barillari Prudêncio
Júlio Levy Bartolomé Mitre, 4° Presidente da Argentina
Bruce Gomlevsky Dr. Virgílio Neves
Lucci Ferreira Coronel Floriano
Cyria Coentro Ana Néri
Osvaldo Mil Coronel Matoso Paraguaçu
Edmilson Barros Promotor Osório Nogueira
Tony Correia Pompeu Ramalho
Matheus Costa Mathias
Valéria Alencar Jacira
Clovys Torres Piatã Millman
Renan Monteiro Machado de Assis
Rafael Delgado Joaquim Nabuco
Mário Cardona Jr. Marc Ferrez
Déo Garcez Luís Gama
Marcelo Valle General Dumas
Fernanda Gabriela Maria Isabel de Alcântara, Condessa de Iguaçu
Marcelo Argenta Manuel Marques de Sousa, Barão de Porto Alegre
Gillray Coutinho Deodoro da Fonseca
Alcemar Vieira José de Alencar
Bruna Chiaradia Mariquinha Guedes
Carolina Ferman Jerusa
Gustavo Gasparani Louzada
Juliane Cruz Naiza
Pedro Osório Teixeira
Saulo Rodrigues Dr. Homrich
Thadeu Matos Dr. Justiniano Néri
Beto Vandesteen Senador Edney Sampaio
Pedro Henrique Müller Lúcio
Ana Miranda Rosa
Luciano Pullig Pacheco
Alice Morena Joana
Elizia Gomes Avelina
Jeferson Souza Cariri
Marco Marcondes Horácio Aioli
Marcelinton Lima Cristóvão
Mário Hermeto Diretor Petrônio Gonçalves
Eli Ferreira Berenice
Sergio Loureiro Nico
Alexandre Mofati Delegado Aragão
Pietro Barana Fiore
Chico Abreu Gervásio
Fernanda Ribeiro Dandara
Patrícia Selonk Irmã Clarice
Antonio Pina Juvenal
Thaísa Violante Eva
Natállia Lorran Ayana
Renato Macedo Victor Meirelles
Nayara Fernandes Francine
Leandro Santanna Realejo
Ana Barroso Adelaide
Paulo Giardini Padre Manoel
Aramis Trindade Tabelião Nonato
Joice Marinho Alberica
Laís Nascimento Nonarica
Cristiano Sauma Emanuel
Bruno Helal Isaías
Amaury Lorenzo Faustino
Ariane Souza Minervina
Carlos Rosário Simão
Junior Vieira Sinésio
João Campany Demétrio
Veto Martins Custódio
Adriano Petermann Cerqueira Sobrinho
Ângela Rabelo Madame Magaly
Bia Guedes Lurdes (jovem)
Gabriel Vidal Dom Pedro II (criança)
Enzo Diniz Tonico (criança)
Alana Cabral Zayla (criança)
Julia Freitas Dolores (criança)
Any Maia Isabel (criança)
Melissa Nóbrega Leopoldina (criança)
João Victor Menezes Guebo (criança)
Thor Becker Dominique (criança)

Produção

Primeira novela totalmente inédita lançada pela Globo durante a pandemia de COVID-19, a novela levou mais de um ano para finalmente ser exibida. Primeiramente, sua estreia foi anunciada para 30 de março de 2020, sucedendo Éramos Seis. Porém, naquele período, com o aumento de casos de coronavírus, a emissora suspendeu a produção de todas as novelas por questão de segurança e as substituindo temporariamente por reprises.

Por isso, a exibição da novela foi adiada e a Globo decidiu reprisar Novo Mundo na faixa das 18h. Com o fim desta, outra reprise foi escalada: Flor do Caribe. O lançamento da trama inédita passou por diversos adiamentos enquanto a situação da pandemia não amenizasse. As gravações foram retomadas em 24 de novembro de 2020, e a previsão de estreia era para janeiro de 2021.

Entretanto, como a novela ainda tinha pouca frente de capítulos prontos, por conta da demora das gravações (pois tinham certa complexidade pela história ser de época) que seguiam rígidos protocolos de segurança sanitária e as sucessivas suspensões dos trabalhos, ela foi adiada mais uma vez. Sendo escalada uma reprise de A Vida da Gente no lugar. Meses depois, com uma frente de gravações mais confortável, a Globo anunciou oficialmente a estreia para 9 de agosto de 2021.

Para zelar a saúde de elenco e equipe durante a retomada das gravações, cenas tiveram que ser adaptadas (e capítulos reescritos) para que o distanciamento social fosse respeitado. Além disso, todos os envolvidos na produção precisavam fazer testes de COVID-19. A equipe por trás das câmeras precisou usar máscaras e roupas especiais. E em cena, foi chamado o menor número de atores possível. Mantendo apenas o elenco essencial e evitando àqueles que pertenciam aos grupos de risco da doença ou não-vacinados.

A novela marcou o retorno de Selton Mello às novelas, após um período de 20 anos se dedicando ao cinema e as séries. Apesar de afirmar anteriormente que jamais voltaria às novelas, aceitou o convite desta por se interessar pela temática. Antes dele, Emílio Dantas estava cotado para viver D. Pedro II. Para compensar a troca, Emílio foi remanejado para a minissérie Todas as Mulheres do Mundo, do Globoplay.

Outros atores foram cotados ou convidados para o elenco, mas foram trocados por outros, por motivos diversos. Dentre eles: Andréia Horta, Nathalia Dill, Bruno Cabrerizo, Matheus Nachtergaele e Lúcio Mauro Filho. Antes da pandemia, Vera Holtz e Luís Melo haviam gravado cenas como Lota e Batista respectivamente, mas posteriormente pediram para deixar o elenco por questões de saúde.

A trama resgatou personagens vistos em Novo Mundo. O que foi o caso de Germana (Vivianne Pasmanter) e Licurgo (Guilherme Piva), que reapareceram envelhecidos, com 80 anos. E Lurdes (Bia Guedes), que reapareceu com 60 anos. Além disso, Quinzinho (Augusto Madeira) e Vitória (Maria Clara Gueiros), que apareceram bebês na novela anterior, ressurgem adultos. Cenas de Novo Mundo com Leopoldina (Letícia Colin) e D. Pedro II (Caio Castro) são reexibidas como flashbacks.

Advertisement