Wiki TVPédia Brasil
Advertisement

Quanto Mais VIda, Melhor! é a 96ª novela das 19h da Globo. Escrita por Mauro Wilson, com colaboração de Marcelo Gonçalves, Mariana Torres e Rodrigo Salomão. Direção de Ana Paula Guimarães, Natalia Warth, Dayse Amaral e Bernardo Sá, direção geral de Pedro Brenelli e direção artística de Allan Fiterman. Estrou em 22 de novembro de 2021, substituindo a reprise especial de Pega Pega — que por sua vez substituiu a segunda parte de Salve-se Quem Puder — e antecedendo Cara e Coragem.

Com Giovanna Antonelli, Vladimir Brichta, Mateus Solano, Valentina Herszage, Júlia Lemmertz, Bruno Cabrerizo, Ana Hikari e Ana Lúcia Torre nos papéis principais.

Enredo

Quatro pessoas diferentes tem seus caminhos cruzados após morrerem em um acidente de avião juntos: a empresária Paula (Giovanna Antonelli), o jogador de futebol Neném (Vladimir Brichta), a dançarina de pole dance Flávia (Valentina Herszage) e o médico Guilherme (Mateus Solano). No Céu, a Morte (Marcella Maia) dá uma segunda chance de vida à eles, mas com uma condição: deverão arrumar suas vidas dentro de um ano. E após esse prazo, um dos quatro morrerá em definitivo.

Paula é uma viúva extravagante, dona de uma empresa de cosméticos, que vive uma rivalidade com Carmem (Júlia Lemmertz), da empresa concorrente. Carmem usa seu amante, Marcelo (Bruno Cabrerizo), para espionar Paula e destruí-la. Neném é um jogador de futebol aposentado, que já jogou na seleção brasileira, que decide voltar aos campos para pagar o tratamento de sua filha doente, Bianca (Sara Vidal). Mas enfrenta problemas por estar velho demais para jogar.

Flávia trabalha em uma boate e aplica golpes com a ajuda de Cora (Valentina Bandeira), o que faz com que ela se meta em várias confusões. R Guilherme é um homem controlador, que se dedica totalmente da profissão e esquece sua família: a esposa Rose (Bárbara Colen) e o filho Antônio (Matheus Abreu),

Elenco

Intérprete Personagem
Giovanna Antonelli Paula Terrare
Vladimir Brichta Ronaldo Rocha (Neném)
Mateus Solano Guilherme Monteiro Bragança
Valentina Herszage Flávia Lacerda
Júlia Lemmertz Carmem Wollinger
Bruno Cabrerizo Marcelo
Bárbara Colen Rose Monteiro Bragança
Ana Hikari Vanda Sato (Vandinha)
Jaffar Bambirra Murilo
Ana Lúcia Torre Celina Monteiro Bragança
Elizabeth Savalla Nedda Rocha
Marcos Caruso Osvaldo
Zezeh Barbosa Tetê
Micheli Machado Jandira Pontes
Carol Garcia Betina Villas
Mariana Nunes Drª. Joana
Felipe Abib Roni Rocha
Valentina Bandeira Cora
Caio Manhente Gabriel Wollinger
Matheus Abreu Antônio Monteiro Bragança (Tigrão)
Agnes Brichta Martina Pontes Rocha (Tina)
Sara Vidal Bianca Villas Rocha
Nina Tomsic Ingrid Terrare
Tato Gabus Mendes Daniel Monteiro Bragança
Stepan Nercessian Edson Rocha
Luciana Paes Odete Lacerda
Fabio Herford Juca Lacerda
Jussara Freire Tuninha
Karina Dohme Teca
Evelyn Castro Deusa
Thardelly Lima Odaílson
Sérgio Menezes Chicão
Pedroca Monteiro Subdelegado Prado
Cridemar Aquino Delegado Nunes
Felipe Hintze Delegado Torres
Alessandro Brandão Chefe
Gabriel Sanches Roberto
Renato Livera Renato
Carol Marra Alice
Val Abranches Lorena
Camila Rocha Soraia
Diego Francisco Denis
Fabrício Assis Cabeça
André Silberg Leco
Carlos Silberg Neco
Marcelo Flores Técnico Trombada
João Fenerich Dr. Soares
Aki Garragar Dr. Lazaro
Séfora Rangel Rute
Maria Silvia Radomille Regina

Participações especiais

Intérprete Personagem
Marcella Maia Morte
Cândido Damm Celso Terrare
Débora Lamm Somine
Nany People Madame Lú
Osvaldo Baraúna Marcão
Carol Macedo Rose (jovem)
Leonardo Zanchin Neném (jovem)
Maíra Sá Ribeiro Jandira (jovem)
Nicolas Ahnert Guilherme Monteiro (jovem)
Diego Cruz São Judas Tadeu
Alex Nader Conrado
Ítallo Vilane Jura
Giulia Costa
Alex Escobar Ele mesmo

Produção

Inicialmente com o título A Morte Pode Esperar, as gravações deveriam ser iniciadas em março de 2020, com previsão de estreia para 27 de julho do mesmo ano, sucedendo diretamente Salve-se Quem Puder. Entretanto, a pandemia de COVID-19 que chegou ao Brasil em março atrapalhou os planos da emissora, que precisou modificar todos os cronogramas das novelas. Paralisando gravações e recorrendo a reprises nas faixas horárias.

Por conta da pandemia, o título da novela foi alterado para que a palavra "morte" não soasse desrespeitosa as milhões de mortes causadas pelo vírus no mundo. As gravações começaram só no início de 2021, seguindo rígidos protocolos de segurança, com nova previsão de estreia para 19 de julho. Mas foram paralisadas novamente por causa da crise sanitária, retomando-as em agosto.

Primeira novela totalmente inédita lançada no horário durante a crise sanitária, estreou com quase todos os capítulos gravados. Restando apenas os capítulos finais, que foram gravados na semana de estreia na TV.

As primeiras cenas da novela foram reveladas no início de 2020, em uma chamada anunciando a retomada das gravações. Em 8 de outubro, foram lançados os primeiros teasers, a posteriormente, as primeiras chamadas. A partir de 10 de novembro, as cenas envolvendo o acidente aéreo foram cortadas da chamada para evitar associações com a morte da cantora Marília Mendonça, vítima de uma queda de avião cinco dias antes.

Leticia Spiller, Dan Stulbach, Carolina Dieckmann e Aracy Balabanian estavam previstos para integrarem o elenco, mas tiveram que declinar por motivos diversos. Fernanda Montenegro, Patricia Pillar e Nany People foram cogitadas para interpretar a Morte. Nany permaneceu no elenco, mas vivendo outra personagem.

Valentina Herszage e Mateus Solano repetiram a parceria de Pega Pega (2017). Na trama, que foi reprisada antes da novela inédita, eles viveram respectivamente filha e pai. Enquanto que na produção escrita por Mauro Wilson, eles viveram par romântico.

A cidade cenográfica erguida para a produção reconstitui a Barra da Tijuca, bairro na zona norte do Rio de Janeiro, onde vive parte dos personagens. A direção de Allan Fiterman se inspirou em filmes como "O Diabo Veste Prada", ‘'"Uma Linda Mulher"'’ e chegam até '‘"Querida, encolhi as crianças". A trilha sonora foi escolhida com músicas referentes ao universo de cada um dos quatro protagonistas.

Advertisement