FANDOM


Silvio Santos (nome artístico de Senor Abravanel) é um apresentador e empresário televisivo. Considerado o maior comunicador do Brasil e fundador e proprietário do SBT e outras empresas que fazem parte do Grupo Silvio Santos.

Trajetória

Senor Abravanel, nasceu em 12 de dezembro de 1930, na Travessa Bemtevi, no bairro da Lapa, na região central da cidade do Rio de Janeiro. Filho primogênito dos imigrantes estrangeiros Alberto Abravanel (grego) e Rebeca Caro (turca), tem cinco irmãos: cinco irmãos: Beatriz, Perla, Sara, Leon e Henrique. Junto com seu irmão Leon, frequentou a Escola Primária Celestino da Silva e depois se formou em contabilidade na Escola Técnica de Comércio Amaro Cavalcanti, no Largo do Machado.

De origem humilde, começou a trabalhar com 14 anos de idade como vendedor ambulante nas calçadas do centro do Rio de Janeiro com suas mágicas. Vendendo primeiramente carteiras para títulos de eleitor, e depois canetas, anéis e outros artigos. Chamando a atenção dos passantes com seu jeito comunicativo e com seus truques de mágica para atrair compradores.

Uma certa vez quando foi capturado pela polícia, o então diretor de fiscalização da Prefeitura, Renato Meira Lima, ao invés de prender o jovem camelô, resolveu indicá-lo para participar de um teste de locutores na Rádio Guanabara. Onde ele concorreu com vários inscritos que se tornariam famosos, como Chico Anysio e José Vasconcelos, e conquistou o primeiro lugar.

A partir daí, ainda trabalhando de camelô, ele passou a se inscrever em diversos concursos de locutores, e ganhando todos. Tanto que, por conta disso, chegou a ficar proibido de participar destes concursos. Em um deles, comandado pelo apresentador Jorge Cury e o produtor Mário Ramos, surgiu o seu famoso nome artístico: Silvio Santos. Silvio, pois era assim que sua mãe o chamava, e Santos porque segundo ele "os santos ajudam".

Aos 18 anos de idade, cumpriu o serviço militar obrigatório na Escola de Paraquedistas, em Deodoro, Trabalhou como locutor na Rádio Mauá, posteriormente na Rádio Tupi e Rádio Continental. Durante suas viagens para Niterói, ele teve a ideia de montar um serviço de alto-falantes no transporte. Animando os passageiros com música e também vendendo bebidas.

Com 20 anos, mudou-se para São Paulo onde rapidamente foi contratado pela Rádio Nacional. Passou a comandar também a "Caravana do Peru que Fala" (Silvio tinha esse apelido na época por ficar com o rosto vermelho enquanto falava), que promovia shows com diversos artistas. Foi nessa época que conheceu Manoel de Nóbrega, que viria a se tornar seu grande amigo.

Manoel pediu ajuda à Silvio para cuidar do seu empreendimento que enfrentava dificuldades: o Baú da Felicidade, que consistia na venda de um baú de brinquedos mediante pagamento em prestação por carnê. Vendo a grande oportunidade, Silvio assumiu o controle da empresa e variou os produtos oferecidos, tornando-o em um sucesso.

Estreou como apresentador de televisão em 1962 no comando do Vamos Brincar de Forca, exibido na TV Paulista. Com o sucesso, em 1963, passou a apresentar o programa que leva o seu nome: o Programa Silvio Santos. Silvio permaneceu no canal 5 de São Paulo quando a TV Paulista se tornou TV Globo em 1965, pois o horário era comprado por ele.

Com o passar dos anos, o Programa Silvio Santos se tornava um grande sucesso alcançando altos índices de audiência. Pouco a pouco, a duração da atração dominical foi aumentando, chegando a ficar até 10 horas no ar. Fazendo com que Silvio tivesse sucesso em seus negócios e motivando-o a expandi-los.

No início dos anos 70, por divergências entre os diretores da Globo, Silvio deixa a emissora. Ao mesmo tempo em que começa a apresentar programas na Tupi. Nesta década, o animador começou a lutar para ter seus próprios canais de televisão, e com isso, ter um espaço próprio para poder exibir seu programa. Isso começou a acontecer em 22 de outubro de 1975 quando o presidente Ernesto Geisel assinou o decreto outorgando a concessão do canal 11 do Rio de Janeiro, que se tornou a TVS Rio.

Em 1980, com o fim da Tupi, o Programa Silvio Santos passou a ser exibido na Record. Emissora no qual, nesta mesma década, adquiriu 50% das ações. E o sonho de ter uma rede de televisão se concretizou em 1981, quando recebeu do governo a concessão de 4 emissoras que eram da Tupi (entre elas o canal 4 de São Paulo), nascendo assim o SBT. E embora tendo sua própria rede, o Programa Silvio Santos continuava sendo transmitido simultaneamente pela Record até 1987.

Em 1988, Silvio teve problemas com a voz, ficando praticamente sem voz por alguns dias. Deixou de gravar seus programas para se tratar no exterior. No mesmo ano, anunciou sua candidatura a prefeitura de São Paulo, porém isso não se concretizou. Em 1989, Silvio decidiu concorrer à Presidência da República, mas sem sucesso pois sua candidatura foi anulada pelo TSE.

Silvio foi casado com Maria Aparecida Vieira Abravanel, que faleceu aos 39 anos vítima de um câncer em 1977. Com ela teve duas filhas, Cinthia e Silvia (filha adotiva). Em 1978 casou-se com Íris Pássaro, com quem teve quatro filhas: Daniela, Patrícia, Rebeca e Renata. Durante muitos anos, Silvio gravou marchinhas carnavalescas, fazendo enorme sucesso com as canções "Coração Corintiano" e "A Pipa do Vovô". Gravou 135 músicas, além de narrar histórias infantis gravadas discos. Trabalhou como radialista até a década de 80, quando passou a focar definitivamente em seu trabalho como apresentador.

Foi homenageado em fevereiro de 2001 pela escola de samba carioca Tradição. No mesmo ano, sua filha Patrícia Abravanel foi sequestrada na porta da própria casa, no Jardim Morumbi, em São Paulo. Depois de alguns dias de negociação, o resgate foi pago e Patrícia foi libertada. O sequestrador Fernando Dutra Pinto acabou sendo perseguido pela polícia e matou a tiros dois policiais. Sem ter para onde ir, acabou invadindo a casa de Silvio em 30 de agosto, sendo que o apresentador estava na sala de ginástica fazendo exercícios no momento, facilitando o trabalho do sequestrador de manter Silvio e toda sua família como reféns. O animador convenceu o sequestrador a libertar rapidamente as outras pessoas da família e seguiu em cativeiro em sua própria casa durante sete horas. Fernando só se entregou com a chegada do governador Geraldo Alckmin.

Trabalho mais longínquo e marcante de sua trajetória na TV, o Programa Silvio Santos se tornou durante certo tempo um agrupamento de vários programas de auditório e quadros, somando quase cem atrações diferentes. Quadros apresentados pelo próprio Silvio ou por outros apresentadores como Gugu Liberato e Celso Portiolli.

Uma das marcas do programa é a plateia composta apenas por mulheres, no qual Silvio considera "o auditório mais feminino do Brasil" e as chama de "colegas de trabalho". No passado, durante muitos anos, havia a proibição de homens na plateia pois Silvio acreditava que os cônjuges das moças poderiam ficar com ciúmes de cantores e outros homens que se apresentariam no palco. Com o tempo, esse costume foi sendo ligeiramente relaxado, apesar da plateia de suas atrações continuarem predominantemente feminina.

Considerado um ícone na TV, Silvio deu destaque à outros membros de sua equipe. Como o locutor Lombardi (falecido em 2009), ao produtor Roque e o animador Liminha. Ganhou dezenas de prêmios ao longo de sua trajetória, dentre eles diversos Troféus Imprensa e Troféus Roquette Pinto. Além da TV, Silvio comanda outros negócios, que juntas formam o Grupo Silvio Santos. Dentre os mais conhecidos estão a Liderança Capitalização (que opera a Tele Sena), o Hotel Jequitimar, a Jequiti Cosméticos. Já foi proprietário do Banco PanAmericano no qual teve que vender em 2011 após um rombo bilionário; Além do Baú da Felicidade, que encerrou as atividades no mesmo ano e retornando em 2015.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.