FANDOM


A TV Educativa de Porto Alegre (ou TVE RS) é uma emissora pública pertence à Diretoria de Radiodifusão e Audiovisual da Secretaria de Comunicação e Inclusão Digital do Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Afiliada à Cultura e TV Brasil, foi fundada em 1974.

História

Foi inaugurada em 29 de Março de 1974, e sua programação era produzida em parceria com a PUCRS. Transmitia em preto-e-branco até o início dos anos 80. Em 1981, a sede da emissora dentro do campus da PUCRS sofre um incêndio e a emissora acaba se transferindo para a sede da antiga TV Piratini, no Morro Santa Teresa, onde está até hoje. Desde sua fundação tem uma sede própria, no Jardim Botânico de Porto Alegre, na qual nunca foi usada.

Em 9 de abril de 1983, a sede no Morro Santa Teresa sofreu um incêndio, onde se perderam todo o acervo da emissora até então e quase todos o acervo da TV Piratini. Um dos momentos mais polêmicos da história do canal foi quando a então primeira-dama de Alceu Collares, invadiu o estúdio do programa Mãos a Obra, revoltada com um comentário de Tânia Carvalho sobre o governador, e exigiu à então Secretária Estadual da Educação Neuza Canabarro, o cancelamento imediato do programa. E acabou conseguindo isso.

Na década de 2000, passa a integrar a Rede Pública de Televisão. Rede que foi desfeita em 1 de Dezembro de 2007. Em 2015, sofre um grande corte de gastos e retorna a parceria com a Cultura. Em 21 de Novembro de 2016, o governador José Ivo Sartori anuncia a extinção da Fundação Piratini, a mantenedora da emissora. A partir de então, um série de decisões judiciais barrou as demissões dos funcionários. Além de tentativas na justiça para evitar a extinção da Fundação, fazendo com que o futuro da emissora se tornasse incerto.

Com o fim das atividades da Fundação Piratini, a TVE RS e a FM Cultura passaram a ficar vinculadas à nova Diretoria de Radiodifusão e Audiovisual da Secretaria de Comunicação.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.